Notícia

Existem novos produtos em contribuições de aposentadoria para os pais


A consulta interministerial sobre o projeto de lei sobre o pagamento de contribuições do orçamento do estado para as pessoas que criam filhos está terminando. Graças a isso, as mulheres que administram uma empresa poderão tirar licença para cuidar de crianças, assim como colegas que trabalham em período integral. As novas disposições são para melhorar a situação dos jovens no mercado de trabalho.

Espera-se que o ato seja debatido pelo Conselho de Ministros no próximo mês e depois para o parlamento. Entrará em vigor a partir do próximo ano. Como uma das disposições da Lei de Pensões.

De acordo com a nova lei, mulheres e homens administrando uma empresa devem poder ir para a licença parental, durante a qual as contribuições para a pensão serão pagas pelo Estado. O cálculo deve ser baseado em 60% do salário médio. O orçamento também pagaria contribuições para pessoas seguradas na KRUS e para pessoas sem seguro. Nesses casos, a base de cálculo das contribuições seria calculada com base em 75% do salário mínimo.

Os próximos meses mostrarão se as mudanças entrarão em vigor. O que você acha dessas propostas? Deveriam ser pagas contribuições de pensão para os desempregados? As mães empreendedoras devem ter direitos semelhantes aos de tempo integral?